Total de visualizações de página

terça-feira, 18 de junho de 2019

É HEXA!


Flamengo vence Franca, no Pedrocão, e conquista o hexa do NBB

Marquinhos, com 18 pontos, foi o cestinha e grande nome do Mais Querido na partida

Por - em
Varejão levanta o troféu! Crédito: Paula Reis

É hexaaaaaaa!!! O Flamengo é hexacampeão do Novo Basquete Brasil. O Mais Querido venceu Franca, neste sábado, no quinto e decisivo jogo da série final, por 81 a 72. Nem mesmo o Pedrocão lotado foi capaz de intimidar os jogadores do Mais Querido, que levaram mais um troféu para a Gávea.
Marquinhos foi o grande nome do Mengão no jogo. Ele anotou 18 pontos e foi o cestinha da partida. Balbi, Olivinha, Anderson Varejão e Deryk também brilharam e ajudaram o Mais Querido. Olivinha, vale frisar, foi eleito o MVP das finais. 
O Flamengo dominou a partida no primeiro tempo e abriu uma ótima vantagem: 45 a 29. No segundo tempo, o Mengão caiu um pouco de produção, mas se manteve o tempo todo à frente no placar e levou o título: 81 a 72 e festa da Nação em Franca. 
Com seis títulos, o Flamengo é, disparado, o maior campeão do NBB. Quem segura? 

segunda-feira, 22 de abril de 2019

BICAMPEÃO


Sub-16 vence Al Hilal e é bicampeão do Dubai International Championship

Em mais uma bela atuação, Garotos do Ninho ganham por 3 a 1 e garantem mais um troféu para o Flamengo

Por - em


Foto: Dubai Sports Council
Foto: Dubai Sports Council

Bicampeão! O Sub-16 do Mengão, mais uma vez, fez história em uma competição internacional e conquistou, de forma invicta, o bicampeonato do Dubai International Championship, considerado o Mundial da categoria. Nesta sexta-feira (19), os Garotos do Ninho enfrentaram o Al Hilal, dos Emirados Árabes, na grande final e venceram por 3 a 1, no Rashed Stadium. Os gols da vitória rubro-negra foram marcados por Daniel Campos, Ryan Luka e Leonardo, que garantiram mais um troféu para o Mais Querido.

Os Garotos do Ninho começaram a partida indo para cima do adversário, e aos 10’, chegou com perigo. Após cruzamento de Kayque, Ryan Luka cabeceou para defesa do goleiro. E não demorou muito para o Mengão abrir o placar. Aos 18’, João Paulo disputou uma bola alçada na entrada da área e a redonda sobrou para Daniel Campos, que pegou de primeira, acertando um belo chute no canto direito do goleiro. Aos 31’, o Fla voltou a assustar. Wiverson cobrou falta em direção ao gol, obrigando o zagueiro adversário a cortar a bola quase sobre a linha.

No segundo tempo, o Rubro-Negro manteve seu estilo de jogo ofensivo e ficou tentando ampliar o placar. Aos 10’, Richard interceptou um passe no meio-campo, driblou três adversários e encontrou Victor Hugo aberto na direita. O meia rubro-negro bateu cruzado e o goleiro fez uma grande defesa. Quatro minutos depois, após confusão com os jogadores do Al Hilal, Wiverson levou o cartão vermelho e foi expulso da partida. Mesmo com um a menos, o Mengão não se abateu e continuou buscando o gol a todo momento. Até que aos 42’, Ryan recebeu lançamento, saindo de trás da linha do meio-campo e, em uma disputa com o goleiro, a bola sobrou livre na frente para o camisa 9 empurrar para o fundo das redes, fazendo 2 a 0 para o Fla.

A partida foi se encaminhando para o fim, quando o Al Hilal diminuiu o marcador, após cobrança de pênalti: 2 a 1. E não parou por aí, pois o jogo ainda reservava fortes emoções. Aos 47’, o juiz marcou pênalti a favor do Rubro-Negro. Leonardo, que havia entrado na segunda etapa, cobrou a penalidade e fez o terceiro gol para dar números finais ao duelo. Com o resultado, os Garotos do Ninho conquistaram o bicampeonato da competição e fizeram a festa em Dubai.

Escalação do Flamengo:

Hugo, Kayque, Diego, Kaiky e Richard; Vitor Muller, Daniel Campos e Victor Hugo; João Pedro, Wiverson e Ryan Luka.

A campanha: 

Flamengo 4 x 0 Atlético de Madrid (ESP)
Flamengo 3 x 0 Al Nasr
Flamengo 11 x 0 Hatta Club
Flamengo 10 x 0 Shabab Al Ahli
Flamengo 3 x 1 Al Hilal

Campeão, Flamengo tem maior invencibilidade contra o Vasco e aumenta supremacia no Rio

Rubro-Negro chega a 12 jogos seguidos sem perder para o rival e conquista seu título carioca número 35, quatro a mais do que o segundo colocado, o Fluminense

Por Cahê Mota e Fred Huber — Rio de Janeiro

Melhores momentos: Flamengo 2 x 0 Vasco pela decisão do Campeonato Carioca
Flamengo é campeão carioca de 2019 — Foto: André Durão  

Além da conquista do título do Campeonato Carioca 2019, domingo, no Maracanã, após o 2 a 0 sobre o Vasco, o Flamengo alcançou outro feito marcante: a maior invencibilidade diante do rival em toda a história do confronto. Agora, são 12 jogos seguidos sem perder para os cruz-maltinos - quatro vitórias e oito empates.

O Rubro-Negro não é vencido pelo rival em uma decisão desde a edição de 1988, há 31 anos. Com a conquista de domingo, o Flamengo chegou ao seu título de Carioca número 35 e aumentou a supremacia sobre os rivais.
Depois de ultrapassar o Fluminense em 2009, quando chegou ao título 31 e passou a ser o maior vencedor, o Rubro-Negro conseguiu abrir vantagem na ponta devido a números expressivos: 11 conquistas nas últimas 21 edições, com direito a dois tricampeonatos, enquanto Botafogo (4), Fluminense (3) e Vasco (3) dividiram as outras taças.
Capitão ao longo dos 90 minutos, Diego participou de toda a trajetória invicta contra o Vasco e levantou seu segundo Carioca pelo Flamengo. Com a experiência de quem está prestes a completar três anos de clube, celebrou a conquista hegemônica:
- É um dia mais que especial. Ser campeão, coroar um trabalho, com espetáculo do torcedor.
Já o recém-chegado Arrascaeta valorizou o primeiro troféu com menos de quatro meses de clube, mas deu o recado de que é preciso conquistar algo mais expressivo ao longo da temporada:
- Esse clube é muito apaixonado, muito grande. Temos que valorizar esse título, mas temos que brigar por coisas importantes esse ano. Com certeza começamos bem, mas tem muita coisa para vir pela frente.
Quais foram os principais motivos para o Fla ter sido superior aos rivais este ano?
Poder financeiro
Com um orçamento grande, bem maior do que os adversários cariocas, o Flamengo colhe os frutos de um trabalho de equilíbrio financeiro intensificado em 2013. Em um primeiro momento, os dirigentes apertaram o cinto, fizeram investimentos mais discretos e pagaram dívidas. O panorama foi melhorando gradativamente até o clube poder abrir os clubes e gastar grandes quantias.
O Fla conseguiu encerrar nas últimas temporadas uma cultura de atraso de salários, enquanto seus concorrentes ainda convivem com este problema. O elenco do Fluminense, por exemplo, já fez greve este ano e se recusou a treinar.
Chegada de reforços de peso
No início deste ano, o Flamengo disponibilizou cerca de R$ 100 milhões para reforçar o elenco com jogadores de peso como Arrascaeta, Gabigol, Bruno Henrique e Rodrigo Caio. Todos se tornaram titulares e peças importantes para o sucesso do time. Eles se juntaram a outras estrelas que já faziam parte do clube, como Everton Ribeiro, Diego, Vitinho e Diego Alves.
Enquanto o Rubro-Negro foi ao mercado e gastou em jogadores jovens e de alto potencial, Botafogo, Fluminense e Vasco fizeram contratações bem mais modestas. O perfil principal é de atletas em fim de contrato, sem a necessidade de aquisição de direitos econômicos, e de veteranos. O reforço de mais nome do Botafogo foi Diego Souza. O do Fluminense, Paulo Henrique Ganso. O do Vasco, Bruno César.
Bons números nos clássicos
Em nove clássicos disputados nesta edição do Carioca, o Flamengo só perdeu um - 1 a 0 para o Fluminense na semifinal da Taça Guanabara. Foram cinco vitórias, três empates (dois com o time formado a maior parte por reservas, contra o Vasco) e uma derrota.
Na final, o Rubro-Negro sobrou contra o Vasco. Venceu no Nilton Santos por 2 a 0 em uma das melhores exibições do ano, e no Maracanã repetiu o placar, sem dar muitos sustos na torcida, que lotou o estádio.
Estrutura do Ninho do Urubu
O clube passou a utilizar este ano o novo módulo profissional no Ninho do Urubu, com estrutura considerada ideal para a realização de treinos no campo, atividades de academia, prevenção e tratamento de lesões. Tudo com privacidade.
Depois do incêndio no CT no dia 8 de fevereiro, o local ficou fechado por um breve período e o time passou a treinar na Gávea. O local ainda está liberado apenas parcialmente para o treinamento de menores de idade. 

Veja os títulos do Carioca por clube:
Flamengo - 35(1914, 1915, 1920, 1921, 1925, 1927, 1939, 1942, 1943, 1944, 1953, 1954, 1955, 1963, 1965, 1972, 1974, 1978, 1979, 1979*, 1981, 1986, 1991, 1996, 1999, 2000, 2001, 2004, 2007, 2008, 2009, 2011, 2014, 2017 e 2019)
Fluminense - 31(1906, 1907*, 1908, 1909, 1911, 1917, 1918, 1919, 1924*, 1936*, 1937, 1938, 1940, 1941, 1946, 1951, 1959, 1964, 1969, 1971, 1973, 1975, 1976, 1980, 1983, 1984, 1985, 1995, 2002, 2005 e 2012)
Vasco - 24(1923, 1924*, 1929, 1934*, 1936*, 1945, 1947, 1949, 1950, 1952, 1956, 1958, 1970, 1977, 1982, 1987, 1988, 1992, 1993, 1994, 1998, 2003, 2015 e 2016)
Botafogo - 21(1907*, 1910, 1912*, 1930, 1932, 1933*, 1934*, 1935*, 1948, 1957, 1961, 1962, 1967, 1968, 1989, 1990, 1997, 2006, 2010, 2013 e 2018)
América-RJ - 7(1913, 1916, 1922, 1928, 1931, 1935* e 1960)
Bangu - 2(1933* e 1966)
São Cristóvão - 1 (1926)
Paissandu - 1 (1912*) 

Observações:*1907: Botafogo e Flu terminaram empatados e foram, posteriormente, declarados campeões
*1912: foram realizadas duas competições - Botafogo e Paissandu levantaram as taças
*1924: foram realizadas duas competições - Fluminense e Vasco levantaram as taças
*1933: foram realizadas duas competições - Bangu e Botafogo levantaram as taças
*1934: foram realizadas duas competições - Botafogo e Vasco levantaram as taças
*1935: foram realizadas duas competições - América-RJ e Botafogo levantaram as taças
*1936: foram realizadas duas competições - Fluminense e Vasco levantaram as taças
*1979: foram realizadas duas competições - o Flamengo levantou as duas taças

É CAMPEÃO!


É campeão! Flamengo vence o Vasco por 2 a 0 e conquista o título carioca

Com gols de Willian Arão e Vitinho, Mais Querido vence o rival novamente e leva o troféu para a Gávea

Por - em


Willian Arão comemora o primeiro gol do Flamengo! Foto: Alexandre Vidal
É campeão!!! O Flamengo conquistou neste domingo, no Maracanã, o seu 35º título carioca ao vencer o Vasco por 2 a 0. Os gols da partida foram marcados por Willian Arão e Vitinho.

Primeiro Tempo

No primeiro tempo, como de costume, o Flamengo ditou o ritmo do jogo. Logo aos 6 minutos, Everton Ribeiro chutou de fora da área e assustou o goleiro Fernando Miguel. Aos 11 minutos, mais uma boa tentativa de Ribeiro assustando Miguel. De tanto tentar, saiu o gol do Fla. Aos 15 minutos, após cruzamento de Arrascaeta, no bico da grande área, Willian Arão subiu mais alto que todo mundo e cabeceou a bola para o fundo das redes: 1 a 0 Mengão. Com toques rápidos e precisos, o Mais Querido poderia ter ampliado o marcador não fossem as grandes defesas de Fernando Miguel, a principal delas após uma finalização de Diego. E a primeira etapa terminou com vantagem rubro-negra no placar.

Segundo Tempo

No segundo tempo, o Mengão manteve o ritmo. Aos 11 minutos, a primeira jogada com perigo do Mengão. Após cruzamento na área, Gabigol quase completou para o gol. A bola passou raspando pelo camisa 9 rubro-negro. Aos 14, ele balançou a rede, mas o árbitro anulou (com a ajuda do VAR) alegando impedimento. Aos 24 minutos, novamente ele... Gabigol recebeu bola em profundidade, chutou forte e a bola assustou Miguel. Aos 26, foi a vez de Diego arriscar, mas a bola foi no meio do gol. O segundo gol e golpe final no adversário veio aos 37 minutos com Vitinho, que entrara no segundo tempo. Ele arrancou bonito e bateu na saída de Fernando Miguel: 2 a 0 e festa rubro-negra no Maracanã!

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Flamengo vence o Vasco nos pênaltis e conquista a Taça Rio

De Arrascaeta e César brilham na reta final do clássico e Mengão leva mais um troféu

Por - em
Arrascaeta comemora. Foto: Alexandre Vidal


É campeão!!! Após empate no tempo normal em 1 a 1, o Flamengo venceu o Vasco nos pênaltis por 3 a 1 e conquistou o título da Taça Rio. O gol do Rubro-Negro no tempo normal foi marcado por De Arrascaeta. Nos pênaltis, brilhou a estrela do goleiro César, que defendeu a cobrança de Tiago Reis.

Primeiro tempo 

No primeiro tempo, as melhores chance de gol foram do Flamengo. Logo no primeiro minuto de jogo, Ronaldo apareceu livre pela direita e chutou cruzado. Por pouco, não saiu o primeiro do Mengão. Aos 30 minutos, Arrascaeta cobrou escanteio na cabeça de Thuler e o zagueiro quase marcou. Fernando Miguel só olhou. Aos 35 minutos, Vitinho bateu colocado e o goleiro do Vasco espalmou pra fora. Aos 44 minutos, Vitinho, novamente ele, soltou a bomba e a bola passou muito perto da trave esquerda de Fernando Miguel. Nos acréscimos, mais um chute de Vitinho. Dessa vez, Fernando Miguel fez o chamado milagre e colocou para escanteio. 

Segundo tempo

O Flamengo seguiu com um bom ritmo no segundo tempo. Apesar de ter levado o gol no início (marcado por Tiago Reis), criou boas chances. Aos 14 minutos, Vitinho quase fez. Chutou de fora da área e Fernando Miguel defendeu. Aos 23 minutos, foi a vez de De Arrascaeta tentar. Miguel pegou novamente sem dar rebote. Aos 28 minutos, Vitor Gabriel tentou de cabeça após escanteio, mas mandou pra fora. Aos 38 minutos, confusão na área do Vasco. Arrascaeta pegou o rebote e quase marcou. O Mengão tanto procurou que achou. Nos acréscimos, De Arrascaeta empatou: 1 a 1! Foi o gol 5.000 do Flamengo em Cariocas. Nos pênaltis, deu Mais Querido! O grande momento foi com César, que defendeu a cobrança de Tiago Reis. 

Ex-Santos, Thiago Maia festeja título do Flamengo ao lado de brasileiros do Lille: "Isso aqui não é Vasco"

Volante campeão olímpico pelo Brasil posta vídeo cantando famosa música da torcida rubro-negra. Thiago Mendes e Luiz Araújo, ex-São Paulo, também aparecem nos vídeos

Por GloboEsporte.com — Lille, França

Thiago Maia posta vídeo comemorando título do Flamengo na Taça Rio:
Thiago Maia posta vídeo comemorando título do Flamengo na Taça Rio: "Isso aqui não é Vasco

Volante campeão olímpico pelo Brasil e ex-jogador do Santos, Thiago Maia fez posts na internet comemorando o título do Flamengo na Taça Rio. Atualmente no Lille, da França, ele publicou vídeos cantando uma famosa música da torcida rubro-negra.
- Nós queremos respeito e comprometimento. Isso aqui não é Vasco, isso aqui é Flamengo - cantou, antes de completar - Os caras estão se escondendo aqui.
Na postagem seguinte, outros brasileiros do Lille aparecem e são marcados. São eles Thiago Mendes e Luiz Araújo, volante e atacante ex- São Paulo, e Gabriel, zagueiro ex-Avaí. 

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

É CAMPEÃO!

Flamengo vence o Eintracht Frankfurt e conquista a Flórida Cup 2019

 

Mais Querido contou com gol de Jean Lucas para superar a equipe alemã

Por - em

Foto: Alexandre Vidal


O ano está apenas começando e o Flamengo já levantou taça. O Mais Querido venceu o Eintracht Frankfurt-ALE por 1 a 0 e conquistou o título da Flórida Cup na noite deste sábado (12). O Rubro-Negro foi superior durante os 90 minutos, teve boas chances e contou com gol de Jean Lucas para superar a equipe da Alemanha. Após o apito final, o volante Cuéllar foi eleito o melhor jogador em campo e levou o troféu.

Mesmo com a equipe ainda entrando no ritmo da temporada, o Flamengo fez boas atuações e conseguiu impor o seu futebol contra os Europeus. O atacante Fernando Uribe foi o artilheiro da competição com os dois gols que marcou contra o Ajax-HOL e ficou com a chuteira de ouro. O camisa 20 recebeu o prêmio das mãos da craque Marta.

Primeiro tempo

A partida em Orlando começou com as duas equipes se estudando bastante e brigando pela posse de bola no meio-campo. Os alemães até tentaram infiltrar na defesa rubro-negra com tabelas e passes rápidos, mas Piris da Motta e Ronaldo conseguiram marcar bem e tirar o espaço do time adversário.

Aos 25 minutos, o Flamengo ficou com um homem a mais. Antes da cobrança de escanteio, o capitão do Eintracht Frankfurt agrediu Piris da Motta e foi para o chuveiro mais cedo. Com a superioridade numérica, o Mais Querido passou a pressionar e Vitor Gabriel quase abriu o placar após um ótimo lançamento de Trauco. 

Abel Braga aproveitou a primeira etapa para orientar Rodinei e foi do camisa 2 a jogada para abrir o placar. O lateral acionou Jean Lucas pelo lado esquerdo de ataque, e o camisa 18 bateu cruzado para balançar as redes de Trapp. Foi o primeiro gol do volante pelo time profissional. 

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Etapa final

Na volta para o segundo tempo, o técnico Abel Braga realizou oito mudanças, mas a postura do Flamengo seguiu a mesma. O Rubro-Negro seguiu pensando o jogo com a bola nos pés e Willian Arão quase ampliou após ser acionado por Vitinho.  

O sistema defensivo teve um atuação segura e se saiu bem sempre que foi testado. O ataque conseguia boas triangulações, mas a bola cismava em não entrar. Uribe, Vitinho e Willian Arão tiveram chances de ampliar, mas mandaram por cima. Com a vantagem no placar, o Mengão só esperou o apito final e ficou com o título da Flórida Cup.